21 2532-3413

Blog / Notícias

Repasse da Assembleia dos Médicos da APS do Rio de Janeiro – 27/02/2018⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Repasse da Assembleia dos Médicos da APS do Rio de Janeiro – 27/02/2018⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Repasse da Assembleia dos Médicos da APS do Rio de Janeiro - 27 de fevereiro de 2018

Decisões da Assembleia:
- Saída da greve a partir do dia 28 de fevereiro de 2018;
- Manutenção da Mobilização com outras formatos de atividades de reivindicação
- Organizar com o NSSSM ações quinzenais de mobilização (definição de datas e locais em conjunto com as outras categorias). Nos dias de mobilização as unidades funcionarão com equipe mínima ( modelo de funcionamento dos sábados).
- Investir a produção de mídias com a estrutura do sindicato no sentido de denunciar as condições de trabalho, a falta de insumos, ausência de médicos nas equipes etc.
- Construir formulário para diagnóstico das condições estruturais de trabalho nas unidades a fim de solicitar visitas técnicas do SINMED e CREMERJ aos serviços em situação critica.
- Oficiar as OS por meio do SINMED a fim de cobrar as multas trabalhistas relativas aos atrasos de salário e de férias.

Próxima assembléia: 14 de março,14h no SINMED

Deliberações da Assembleia de Médicos da UPA Vila Kennedy – IABAS ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Deliberações da Assembleia de Médicos da UPA Vila Kennedy – IABAS ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Assembleia de médicos – UPA Tijuca e Maternidade Therezinha de Jesus – 28/02/2018 – 19h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Assembleia de médicos – UPA Tijuca e Maternidade Therezinha de Jesus – 28/02/2018 – 19h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O SINDICATO DOS MÉDICOS DO RIO DE JANEIRO, entidade sindical representante da categoria médica, convoca para Assembleia Geral Extraordinária da Categoria e dos médicos que trabalham na rede municipal para Viva Rio, SPDM, Gnosis, IABAS e Fiotec na atenção primária e que estão em estado de Assembleia Permanente devido ao estado de greve, a ser realizada no dia 27/02/2018, terça-feira, na Av. Churchill, 97 – 11º andar – Centro, Rio de Janeiro, às 14:30 em primeira convocação e às 15:30 em segunda convocação.

Assembleia de Médicos da APS – 27/02/18 – 14h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Assembleia de Médicos da APS – 27/02/18 – 14h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O SINDICATO DOS MÉDICOS DO RIO DE JANEIRO, entidade sindical representante da categoria médica, convoca para Assembleia Geral Extraordinária da Categoria e dos médicos que trabalham na rede municipal para Viva Rio, SPDM, Gnosis, IABAS e Fiotec na atenção primária e que estão em estado de Assembleia Permanente devido ao estado de greve, a ser realizada no dia 27/02/2018, terça-feira, na Av. Churchill, 97 – 11º andar – Centro, Rio de Janeiro, às 14:30 em primeira convocação e às 15:30 em segunda convocação, com o objetivo de deliberar e aprovar os itens que compõem a pauta de reivindicações de interesse da categoria: 1 – Informes; 2 – Adiar a decisão da saída ou não da greve para assembleia após a audiência de 26/02 com a juíza do TRT; 3 - Discutir outras estratégias de mobilização; 4 - Fortalecer o fundo de greve e, com possível ajuda do SINMED e CREMERJ, contratar um profissional para auxiliar na comunicação de imprensa e mídia digital.

JOSÉ LEÔNCIO DE ANDRADE FEITOSA
PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DO SINMED/RJ.
Rio de Janeiro, 20 de fevereiro de 2018.

Assembleia dos Médicos – UPA de Jacarepaguá e Maternidade Therezinha de Jesus – 28/02/18 – 19h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Assembleia dos Médicos – UPA de Jacarepaguá e Maternidade Therezinha de Jesus – 28/02/18 – 19h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O SINDICATO DOS MÉDICOS DO RIO DE JANEIRO, entidade sindical representante da categoria médica, convoca para Assembleia Geral Extraordinária da Categoria e dos médicos que trabalham na UPA de Jacarepaguá para OS Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus e que estão em estado de Assembleia Permanente devido ao estado de greve, a ser realizada no dia 28/02/2018, quarta-feira, na Rua André Rocha, 20 – Taquara, Rio de Janeiro, às 19:00 em primeira convocação e às 20:00 em segunda convocação, com o objetivo de deliberar e aprovar os itens que compõe a pauta de reivindicações de interesse da categoria: 1) Informes; 2) Análise da situação assistencial da unidade; 3) Deliberação sobre greve e suas reivindicações.

Informe do Comando De Greve

Informe do Comando De Greve

Informe do Comando de Greve de Médicas/os

Foram deliberações da assembleia de 19/02/18:

- Adiar a decisão da saída ou não da greve para assembleia após a audiência de 26/02 com a juíza do TRT;
- Nessa Assembleia discutir outras estratégias de mobilização;
- Fortalecer o fundo de greve e, com possível ajuda do SINMED e CREMERJ, contratar um profissional para auxiliar na comunicação de imprensa e mídia digital.

-> Próxima Assembleia dia 27 de fevereiro, 14:30h, no SINMED.

Médicos Populares

Exército virá trazer paz ou mais terror às comunidades do Rio?

Somos centenas de médicos/as que atuam diariamente nas favelas cariocas, junto com outros profissionais de saúde e estudantes universitários, realizando atendimento nas Clínicas da Familia e visitando pacientes acamados em suas casas. Andando pelas ruas dos bairros mais pobres das cidade, vemos de perto o terror causado pela guerra entre o Estado e o tráfico de drogas. Operações policiais que se iniciam de forma repentina, colocando moradores e profissionais de saúde muitas vezes no meio de tiroteios; casas dos nossos pacientes invadidas; unidades de saúde e escolas fechadas ou utilizadas como bunker pela polícia; balas perdidas e morte de inocentes.

Diante da notícia de mais uma intervenção do Governo Federal no Rio de Janeiro, perguntamos: isto trará paz às comunidades ou aumentará os conflitos gerando mais terror nas favelas? Os militares repetirão abusos de atuações anteriores, quando produziram violência contra trabalhadores inocentes - empregadas domésticas, motoristas, pedreiros, garis, etc. - que vivem nestas comunidades e que nada deveriam ter a ver com esta guerra? Qual o impacto esperado na redução no número de homicídios e outros indicadores de violência, já que ações militares anteriores - no complexo da Maré, por exemplo - não produziram melhora alguma nestes números?

A principal causa da violência no Rio é a guerra associada ao tráfico de drogas, seja entre policiais e traficantes, seja entre facções rivais. O Estado vai reforçar uma guerra que existe há pelo 30 anos e que não apresentou resultados efetivos neste período? Vale dizer que, segundo relatório da Comissão Global de Políticas sobre Drogas, de 2011, a repressão ao tráfico pelas forças do Estado não só não diminuiu o número de usuários nem o comércio clandestino das drogas, como, pelo contrário, valorizou os traficantes, estimulou o consumo e gerou mais custos de policiamento e no sistema prisional.

Resolver o problema da violência no Rio passa por enfrentar o debate da legalização das drogas leves no Brasil, como forma de impactar o volume de recursos - em torno de 5,7 bilhões de reais no Brasil, segundo estudo técnico de 2016 da Câmara do Deputados - que gira em torno do comércio clandestino destas das mesmas e que alimenta a compra de armas pesadas e a corrupção de agentes públicos.

A intervenção militar do Governo Federal tem tudo para agravar ainda mais o problema da violência no Rio e penalizar a população pobre e e negra das favelas. Na "melhor" das hipóteses, fará com que criminosos se reorganizem em estados vizinhos, como aconteceu no caso das UPPs. É uma ação que parece beneficiar apenas políticos corruptos - interessados em distrair a opinião pública - e a indústria de armamentos que faz dos conflitos armados sua fonte de lucro, para assim continuar financiando governantes e partidos políticos que defendam seus interesses.

Rede de Médicas e Médicos Populares do Rio de Janeiro

ERRATA DE EDITAL – Nova data da Assembleia da APS – 19/02/2018 – 15h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

ERRATA DE EDITAL – Nova data da Assembleia da APS – 19/02/2018 – 15h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

ERRATA DE EDITAL

O SINDICATO DOS MÉDICOS DO RIO DE JANEIRO, entidade sindical representante da categoria médica, vem, através deste edital, retificar a convocação para Assembleia Geral Extraordinária da Categoria e dos médicos que trabalham na rede municipal para Viva Rio, SPDM, Gnosis, IABAS e Fiotec na atenção primária, originalmente convocada para o dia 15/02/2018, nos seguintes termos:
Onde se lê: “a ser realizada no dia 15/02/2018, quinta-feira, na Av. Churchill, 97 – 11º andar – Centro, Rio de Janeiro, às 14:00 em primeira convocação e às 15:00 em segunda convocação. ”
Leia-se: “a ser realizada no dia 19/02/2018, segunda-feira, na Av. Churchill, 97 – 11º andar – Centro, Rio de Janeiro, às 14:00 em primeira convocação e às 15:00 em segunda convocação. ”
Ficam mantidos os itens que compõe a pauta, a saber: 1) Informes; 2) Discussão sobre a greve e avaliação; 3) Deliberação sobre a greve e suas reivindicações.
Rio de Janeiro, 15 de fevereiro de 2018. José Leôncio de Andrade Feitosa – Presidente do SinMed/RJ.

Informe do Comando de Greve – Assembleia 15/02/2018 Cancelada⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Informe do Comando de Greve – Assembleia 15/02/2018 Cancelada⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

# Informe comando de greve #

O Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro informa que, devido aos distúrbios causados pelo temporal que assolou a cidade ontem, optamos por cancelar a assembleia dos médicos da APS agendada pra essa tarde.

À tarde enviaremos a convocatória oficial do sindicato com nova data.

SinMed/RJ

Assembleia Geral – Médicos UPA – Jacarepaguá – 16/02/2018 – 19h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Assembleia Geral – Médicos UPA – Jacarepaguá – 16/02/2018 – 19h⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O SINDICATO DOS MÉDICOS DO RIO DE JANEIRO, entidade sindical representante da categoria médica, convoca para Assembleia Geral Extraordinária da Categoria e dos médicos que trabalham na UPA de Jacarepaguá para OS Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus, a ser realizada no dia 16/02/2018, sexta-feira, na Rua André Rocha, 20 – Taquara, Rio de Janeiro, às 19:00 em primeira convocação e às 20:00 em segunda convocação, com o objetivo de deliberar e aprovar os
itens que compõe a pauta de reivindicações de interesse da categoria:
1) Informes; 2) Análise da situação assistencial da unidade; 3) Deliberação sobre greve e suas reivindicações.

Mídias

Mídias Mídias

Contato

Avenida Churchill, 97
8º ao 12º andar  – Castelo – RJ

Tels: 21 2532-3413

comunicacao@sinmedrj.org.br